Tratamento de imagens de estrelas e galáxia

21 maio

NASA libera programa para tratamento de imagens de estrelas e galáxias Olá, pessoas, hoje vim falar sobre o programa utilizado pela NASA, para tratar imagens de galaxias, estrelas, entre outros. 

A NASA colocou à disposição do público um programa gratuito que é utilizado por seus cientistas para tratar imagens astronômicas. Agora, qualquer pessoa que tenha em seu computador os programas Adobe Photoshop ou Adobe Photoshop Elements poderá manipular e criar imagens belíssimas como aquelas feitas pelo Telescópio Espacial Hubble.

O “plug-in”, uma espécie de programa-acessório que funciona em conjuntos programas da Adobe, coloca à disposição do público o formato de arquivo FITS (“Flexible Image Transport System”: sistema flexível de transporte de imagens), que até hoje só era acessível aos cientistas e artistas das agência espaciais e observatórios astronômicos.

Este sistema de arquivos é utilizado para guardar praticamente todas as imagens de estrelas, nebulosas e galáxias produzidas pelos principais telescópios do mundo.

A imagem mostrada acima é um exemplo de trabalho feito com o “plug-in” FITS. A imagem de uma parte da galáxia espiral AM0644-741 foi feita com a câmera avançada de pesquisa do Hubble. No alto está a imagem original em preto e branco, feita através de filtros isolando as cores vermelha, verde e azul. No meio, as imagens receberam as cores primárias. Embaixo está o resultado final, com a imagem totalmente colorida, adequada à apreciação humana.

As imagens feitas por telescópios e, principalmente, por sondas espaciais, quase nunca são geradas no espectro da luz visível. Para melhorar a definição ou para conseguir detectar outros tipos de radiação, os cientistas fazem as fotos utilizando, por exemplo, câmeras de infravermelho.

Para que estas imagens possam ser “vistas” pelo homem, é necessário então converter-se as radiações captadas por aquelas câmeras especiais, para o espectro da luz visível. O programa que agora está sendo colocado ao alcance do público, é utilizado justamente para fazer esse tipo de tratamento.

Ele foi desenvolvido pelos cientistas da NASA e da Agência Espacial Européia e, tal como está disponível, é hoje utilizado para tratar as imagens dos telescópios espaciais Hubble e Spitzer, XMM-Newton (que utiliza raios-X) e do European Southern Observatory’s Very Large Telescope, entre outros.

Anúncios

Cinema e Leitura: A Última Música

18 maio

Imagem

A leitura nunca foi uma das minhas maiores paixões sempre fui mais chegada a televisão, á cinema, sou apaixonada por filmes. Há uns 2 anos assisti o filme “The Last Song” (A Última Música) gostei muito do filme, um filme emocionante do início ao fim.

Um pouco antes de ser lançado o filme Nicholas Sparks escreveu o livro foi lançado, em 8 de setembro de 2009, no inicio não me interessei muito pelo livro até ouvir falar que  era muito diferente do filme e resolvi “Pagar pra ver”  comprei o livro e sim, bem mais emocionante que o filme. 

Sparks tem uma delicadeza sem tamanho, tem o dom pra falar de amor. Deus, perdão, amadurecimento, relação entre pais e filhos e recomeço são os pontos mais importantes do livro.

Sinopse: Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte.

O pai de Ronnie, pianista e ex-professor, vive uma vida tranquila na cidade de praia, imerso na criação de um vitral para a igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando ela conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, começa a se apaixonar profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida.

Imagem

Imagem

O livro ganhou vida em 2010, quando foi lançado com Miley Cyrus (Hannah Montana – O Filme) no papel de Ronnie. No meu ponto de vista, esta é a pior adaptação de um livro de Nicholas, Cyrus não consegue nem de longe transmitir ao espectador a emoção causada nas partes finais do livro – sem mencionar na exclusão de personagens vitais da história, como o pastor da igreja, que no filme só aparece nos últimos segundos.

 

 

 

 

Samsung lança câmera com Android

14 maio

Ola
Hoje vim aqui pra falar da câmera com android da Samsung  eu não sei se vocês já sabiam, mas pra mim, isso é uma novidade. A Samsung lançou em Seoul, na Coreia do Sul, o Galaxy Câmera  que, em resumo, nada mais é do que uma câmera com o sistema operacional Android. A câmera é capaz de se conectar com a rede móvel e também com o wi-fi. Dessa forma, será possível compartilhar suas imagens de boa qualidade nas redes sociais logo após tê-las tirado. Além disso, é possível se conectar com o computador e transferir dados sem a necessidade de fios.

O sistema operacional, como era de se esperar, já vem personalizado. Entre os apps estão vários para edição de imagem e compartilhamento. Uma excelente notícia para os fotógrafos de instagram. Essa câmera foi lançada no ano passado mas a Samsung pode ter problemas para enfrentar marcas conceituadas no mercado, como a Canon, Nikon e Sony. Porém, ela já possui uma tradição como empresa que fabrica bons eletrônicos. Isto somado ao seu enorme poder de marketing, sem dúvidas, irá ajudá-la na disputa. mas é isso, uma câmera de qualidade com internet, para nós, jovens, é uma pedida e tanto haha, por  hoje é só pessoal, ate mais .

Exposiçao “A Magia de Escher” no MON

10 maio

Do dia 11 de abril até o dia 21 de julho desse ano, o MON (Museu Oscar Niemeyer) recebe a exposiçao dedicada ao artista gráfico holandês Maurits Cornelis Escher (1898-1972), A Magia de Escher.

A exposição do artista trouxe uma experiencia para o público de passar por “dentro” da ilusão de ótica e desvendar alguns mistérios dos espelhamentos de suas obras. Um dos motivos da exposiçao ter ficado tão popular, com um público tao grande, foi o fato de que a magia só funciona com a participaçao das pessoas nos trabalhos de Escher, passando por espelhos,  por dentro de cenários, tirando fotografias e tudo mais, fazendo-a ficar muito mais interessante do que apenas quadros ou esculturas.

Mas a mostra reúne 85 obras, entre gravuras originais, desenhos e fac-símiles, incluindo todos os trabalhos mais conhecidos do artista. No MON, o horário de visitaçao da mostra de Escher foi estendido para  terças à sextas até as 20h.

A exposiçao é muito legal,  interessante, uma experiencia realmente divertida, todos já foram visitar, nao perca mais tempo e confira agora voce tambem! Para conhecer um pouco mais sobre A Magia de Escher, assista a este vídeo , espero que gostem!

Como fazer o seu blog fotográfico

9 maio

Fazer um blog não é um bicho de sete, oito ou nove cabeças. Não é fácil, mais também não é difícil. Basta seguir as dicas a seguir e você terá um otimo blog.

Ter um blog não depende apenas de criar um endereço na web e esperar o mundo inteiro entrar para ver seus ‘posts, você tem que ir atrás de conteúdos que as pessoas irão gostar de ler.

Procure assuntos interessantes, e que você domine melhor. Pense como se fosse um leitor qualquer que não tem nada pra fazer de bom e esta mexendo na web, será que você leria o post que você mesmo escreveu?

Então comece pela plataforma que irá escolher. Existem varias. Todas elas com suas variações, igualdades e difenças. Entre alguns exemplos de plataformas, esta o WordPress e o Blogspot.

Em segundo lugar pense no nome e na aparenci do seu blog. Tente não usar um nome muito difícil ou ou facilmente esquecível, como por exemplo este blog que ate hoje eu não entendi o que esta escrito na fonte “especial”.

Quando você pensar no visual do seu blog nao o polua com anuncios, uma pagina de cor pesada ou muito desorganizada. Pense em cores leves que deixe a pessoa que esta lendo calma.

Organização tambem é importante nao deixe tudo espalhado se organize de forma que quem não conhece o blog consigua se achar e encontra o que procura.

Entâo é isso gente, vlw por lerem o meu post.

Para mais dicas sobre como fazer um bom blog entre nos sites abaixo:

DICAS DE FOTOGRAFIA

CAPRICHO

PALAVRAS DIGITADAS

MELINA SOUZA

A Câmera Lomográfica

7 maio

Bom dia, pessoal ! vocês não acham que hoje esta um belo dia para sair fotografando com a sua LOMO?  espera você ainda não tem uma lomo? é nem eu! mas isso é questão de tempo. Pegue todas as moedas do seu cofrinho, e vamos atras da lomo certa para você. Até porque com esse precinho, qualquer um pode comprar uma, e se você não é qualquer um e assim como eu não tem dinheiro pra comprar uma é hora de começar a juntar grana, porque você vai enlouquecer com essa fofura chamada  de Câmera Lomográfica.

lomo_02

A lomo é uma câmera que além de ter fofura de sobra, tem muitos efeitos legais. As fotos ficam com um efeito mai vintage, a  câmera é automática, de alta sensibilidade, capaz de registar cor e movimento sem necessidade de flash e sem deformação. O processo consiste no recepção contínua de luz que é feito através do sistema de exposição automático,chegando a durar 30 segundos. Outro efeito, dependendo do modelo e da lente, é o olho de peixe, no qual a fotografia fica com uma moldura circular. O nome é uma referência ao modelo LOMO LC-A, uma câmera compacta da marca LOMO. A LOMO é baseada na Cosina CX-1. As lentes das máquinas Lomo são de plástico e produzem efeitos artísticos.

A LC-A (lomo) é uma câmera que utiliza filme 35mm e começou a ser produzida em 1984 na União Soviética. Pra quem não sabe ou não deduziu pelo nome, ela deu origem ao termo tão conhecido hoje, “Lomografia”! Uma das coisas mais interessantes dela é que a exposição é automática, ou seja, se você quiser, não precisa se preocupar com isso; os outros ajustes são feitos manualmente. O contraste está muito presente nas fotos tiradas com a Lomo, assim como as cores bem saturadas, mais coloridas do que o normal.

Eai! o que achou? elas não são o máximo? acho que você deve estar curioso para saber como ficam essas fotos! então de uma olhada, e confirme você mesmo que elas são o máximo

24

lomografia1

329lomo_large-494x329

fish-eye-lomo-lomography-sky-tree-Favim.com-101637

Bom por hoje é isso! já começou a guardar suas moedas! não? então, o que mais esta esperando para começas?

8 passos para tratamento profissional de imagens para a web

6 maio

Já se questionou porquê as suas imagens na Web não têm aquele aspecto das tratadas por designers profissionais, com cores vivas, luzes e sombras, simplesmente perfeitas?O tratamento de imagens usada na Web é fundamental para que se capte a atenção do cibernauta, tornando a navegação nos sites mais agradável e perceptível.Revelamos os seus “segredos” ao alcance de todos, utilizando diversos recursos das aplicações gráficas que fazem milagres.

Os passos, explicativos aqui para o Adobe Photoshop, podem ser executados noutras aplicações gráficas.

Objectivos:

electrico

Muitaz vezes, uma imagem é colocada na Web sem qualquer tratamento. Aparentemente, parece uma imagem “em condições”, mas existe algo que nos não agrada nela. Veja quais os defeitos concretos da imagem de exemplo:

  • Sem brilho
  • Não capta a atenção
  • Apresenta ruído visual (graffitis)

Demos, então, início ao tratamento profissional para ela ser digna ao objecto que apresenta.

Passo 1: Optimizar as cores
No separador “Image > Adjustments” terá a possibilidade de ajustar a cor da imagem. Vamos usar a opção “Image > Adjustments > Auto levels, neste caso a imagem vai ficar mais clara.
Optimizar as cores
Passo 2: Afinar “luz e contraste”

Vamos também à opção “Image > Adjustments > Hue/Saturation (Ctrl + U)”, aqui aplicamos apenas um valor na “Saturation”, para que as cores fiquem mais fortes.

Afinar


Passo 3: Melhorar a nitidez

Agora vamos deixar os traços mais perceptíveis para que se note melhor os detalhes da foto. No separador “Filter” seleccione “Sharpen > Sharpen”.


Passo 4: Limpar a imagem

Usar a ferramenta Clone Stamp Tool para retirar o ruído visual da imagem.

Limpar a imagem


Passo 5: Ajuste de imperfeições

Em seguida usar a ferramenta Smudge Tool, isso fará com que alguma imperfeição que tenha ficado do uso da ferramenta anterior fique mais esbatido e assim tornar mais real a foto.

Limpar e ajustar imagem


Passo 6: Redimensionar a imagem

As imagens usadas na Internet não devem ser demasiado grandes para que o site não fique muito lento. Nesta altura em que a imagem já está com o seu aspecto definitivo devemos reduzi-la para o tamanho que será introduzida no site, mantendo a sua leitura, caso não seja possível usar apenas detalhe significativo da imagem. “Image > Image size”. Não esquecer que todas as imagens usadas devem estar sempre a 72 dpi.

Redimensionar a imagem


Passo 7: Border da imagem

Em alguns casos as imagens ficam mais enquadradas se for colocado um contorno à sua volta, isto é possível selecionando toda a imagem (Ctrl+A) e em seguida no separador “Edit > Stroke” for colocado 1px na opção width e se escolher uma cor que se enquadre com as restantes do site.

Border da imagem


Passo 8: Gravação da imagem em formato web

O tamanho da imagem em Kb também não pode ser muito elevado, o mínimo possível mantendo a qualidade da imagem. Os formatos mais usados e com menos peso são o “.jpg” e o “.gif”. Para imagens com bastantes cores é preferivel usar o .jpg devido à quantidade de cores que suporta.

Para gravar a imagem para ser introduzida no site: “File > Save for Web” com uma qualidade de 70.

Antes & Depois

Sem dúvida, a imagem ao lado direito tem o aspecto desejado “de revista” e pode ser colocado no nosso site.

Imagem final