Archive by Author

Fotografia em preto e branco

29 maio

Mesmo que a fotografias não ter sido tão explorada la está bem em alta atualmente. Várias pessoas deixam suas fotografias em P&B para dar um tom mais de inverno, mais antigo ou té mesmo para deixar a imagem mais bonita.

Imagem

A fotografia nasceu em preto e branco, mais precisamente como o preto sobre o branco, no início do século XIX.14 Desde as primeiras formas de fotografia que se popularizaram, como odaguerreótipo – aproximadamente na década de 1823 – até aos filmes preto e branco atuais, houve muita evolução técnica e diminuição dos custos. Os filmes atuais têm uma grande gama de tonalidade, superior até mesmo aos coloridos, resultando em fotos muito ricas em detalhes. Por isso, as fotos feitas com filmes PB são superiores as fotos coloridas convertidas em PB

Imagem

Imagem

Anúncios

Passeando pelo Flickr

23 maio

No início do ano dando uma olhadinha nos aplicativos do meu irmão encontrei o Flickr. No início não tinha nem noção do que era só sabia que era algo relacionada a fotografia, mas logo fui dar uma pesquisada e realmente é bem interessante o aplicativo.

É utilizado principalmente por fotógrafos, ilustradores e designers. “O Flickr é um sítio da web caracterizado como uma rede social cujo foco é no armazenamento e partilha de fotografias (e eventualmente de outros tipos de documentos gráficos, como desenhos e ilustrações). O Flickr permite a seus usuários criarem um arquivo para hospedagem de suas fotografias e entrarem em contato com fotógrafos variados e de diferentes locais do mundo.”

Criei um mas não para postar minhas fotos, pelo menos, não por enquanto rs. Mas é bom porque podemos adicionar contatos e ficar por dentro de várias fotos incrivelmente lindas!!   E dando a a primeira “passeada” pelo mural achei a fotógrafa Seren Coşkun e confesso, me apaixonei pelas fotografias dela.

ImagemImagemImagem

Cinema e Leitura: A Última Música

18 maio

Imagem

A leitura nunca foi uma das minhas maiores paixões sempre fui mais chegada a televisão, á cinema, sou apaixonada por filmes. Há uns 2 anos assisti o filme “The Last Song” (A Última Música) gostei muito do filme, um filme emocionante do início ao fim.

Um pouco antes de ser lançado o filme Nicholas Sparks escreveu o livro foi lançado, em 8 de setembro de 2009, no inicio não me interessei muito pelo livro até ouvir falar que  era muito diferente do filme e resolvi “Pagar pra ver”  comprei o livro e sim, bem mais emocionante que o filme. 

Sparks tem uma delicadeza sem tamanho, tem o dom pra falar de amor. Deus, perdão, amadurecimento, relação entre pais e filhos e recomeço são os pontos mais importantes do livro.

Sinopse: Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte.

O pai de Ronnie, pianista e ex-professor, vive uma vida tranquila na cidade de praia, imerso na criação de um vitral para a igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando ela conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, começa a se apaixonar profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida.

Imagem

Imagem

O livro ganhou vida em 2010, quando foi lançado com Miley Cyrus (Hannah Montana – O Filme) no papel de Ronnie. No meu ponto de vista, esta é a pior adaptação de um livro de Nicholas, Cyrus não consegue nem de longe transmitir ao espectador a emoção causada nas partes finais do livro – sem mencionar na exclusão de personagens vitais da história, como o pastor da igreja, que no filme só aparece nos últimos segundos.

 

 

 

 

8 passos para tratamento profissional de imagens para a web

6 maio

Já se questionou porquê as suas imagens na Web não têm aquele aspecto das tratadas por designers profissionais, com cores vivas, luzes e sombras, simplesmente perfeitas?O tratamento de imagens usada na Web é fundamental para que se capte a atenção do cibernauta, tornando a navegação nos sites mais agradável e perceptível.Revelamos os seus “segredos” ao alcance de todos, utilizando diversos recursos das aplicações gráficas que fazem milagres.

Os passos, explicativos aqui para o Adobe Photoshop, podem ser executados noutras aplicações gráficas.

Objectivos:

electrico

Muitaz vezes, uma imagem é colocada na Web sem qualquer tratamento. Aparentemente, parece uma imagem “em condições”, mas existe algo que nos não agrada nela. Veja quais os defeitos concretos da imagem de exemplo:

  • Sem brilho
  • Não capta a atenção
  • Apresenta ruído visual (graffitis)

Demos, então, início ao tratamento profissional para ela ser digna ao objecto que apresenta.

Passo 1: Optimizar as cores
No separador “Image > Adjustments” terá a possibilidade de ajustar a cor da imagem. Vamos usar a opção “Image > Adjustments > Auto levels, neste caso a imagem vai ficar mais clara.
Optimizar as cores
Passo 2: Afinar “luz e contraste”

Vamos também à opção “Image > Adjustments > Hue/Saturation (Ctrl + U)”, aqui aplicamos apenas um valor na “Saturation”, para que as cores fiquem mais fortes.

Afinar


Passo 3: Melhorar a nitidez

Agora vamos deixar os traços mais perceptíveis para que se note melhor os detalhes da foto. No separador “Filter” seleccione “Sharpen > Sharpen”.


Passo 4: Limpar a imagem

Usar a ferramenta Clone Stamp Tool para retirar o ruído visual da imagem.

Limpar a imagem


Passo 5: Ajuste de imperfeições

Em seguida usar a ferramenta Smudge Tool, isso fará com que alguma imperfeição que tenha ficado do uso da ferramenta anterior fique mais esbatido e assim tornar mais real a foto.

Limpar e ajustar imagem


Passo 6: Redimensionar a imagem

As imagens usadas na Internet não devem ser demasiado grandes para que o site não fique muito lento. Nesta altura em que a imagem já está com o seu aspecto definitivo devemos reduzi-la para o tamanho que será introduzida no site, mantendo a sua leitura, caso não seja possível usar apenas detalhe significativo da imagem. “Image > Image size”. Não esquecer que todas as imagens usadas devem estar sempre a 72 dpi.

Redimensionar a imagem


Passo 7: Border da imagem

Em alguns casos as imagens ficam mais enquadradas se for colocado um contorno à sua volta, isto é possível selecionando toda a imagem (Ctrl+A) e em seguida no separador “Edit > Stroke” for colocado 1px na opção width e se escolher uma cor que se enquadre com as restantes do site.

Border da imagem


Passo 8: Gravação da imagem em formato web

O tamanho da imagem em Kb também não pode ser muito elevado, o mínimo possível mantendo a qualidade da imagem. Os formatos mais usados e com menos peso são o “.jpg” e o “.gif”. Para imagens com bastantes cores é preferivel usar o .jpg devido à quantidade de cores que suporta.

Para gravar a imagem para ser introduzida no site: “File > Save for Web” com uma qualidade de 70.

Antes & Depois

Sem dúvida, a imagem ao lado direito tem o aspecto desejado “de revista” e pode ser colocado no nosso site.

Imagem final

Instragram vira uma câmera de verdade

30 abr

Logo após ter sido lançado o aplicativo instagram, rolaram boatos de que seria criada uma câmera do instagram,  uma câmera de verdade que tiraria fotos com a possibilidade de adicionar os famosos filtros da rede social automaticamente nas fotos. No inicio era tudo mentira, mas agora os fãs do aplicativo podem comemorar porque essa é pra valer…

Quem está por trás desse projeto todo é a ADR Studio, o designer italiano Antonio de Rosa- uma câmera digital integrada ao Instagram para fotografar, compartilhar e imprimir fotos instantaneamente – deve chegar no mercado no meio desse ano. Imagem

A câmera terá 16 GB de espaço, tela touchscreen de 4:3, zoom óptico, duas lentes principais, flash e aplicativos para pôr os filtros e também compartilhar no Facebook, Twitter, igualzinho o app do celular.O melhor de tudo? Ela é tipo uma Polaroid, revela suas fotos na hora!Imagem

Ela já tem data pra ser lançada! Preparem seus bolsinhos, segundo semestre de 2013 vem aí.

O Instituto Casa da Photographia.

24 abr

Quando foi criada? O que é?

Criada em 1997, por Marcelo Reis, o Instituto Casa da Photographia atua como Curso Livre* técnicos e conceituais, possui espaço para pesquisas e promove caminhadas fotográficas por várias cidades do recôncavo e demais regiões do estado da Bahia, além de divulgar projetos e trabalhos de novos talentos contando também com o apoio de fotógrafos veteranos.Imagem

Parcerias

A partir do ano de 2001 foram firmadas parcerias com diversas empresas e instituições públicas a fim de viabilizar diversos projetos de fotografia. Hoje o Instituto Casa da Photographia mantém parceria com a Pinacoteca do Estado de São Paulo na importante realização de um dos maiores festivais da América Latina o A GOSTO DA FOTOGRAFIA FESTIVAL INTERNACIONAL que reúne grandes nomes da fotografia nos principais museus e galerias da cidade de Salvador.

MISSÃO

Trabalhar de forma incansável pelo crescimento da fotografia, promovendo o desenvolvimento da educação através do olhar.

Fotografia de Moda.

17 abr

A história da fotografa de moda está totalmente ligada a história de revistas de moda, pois a evolução das duas começou na mesma época. Em 1909 as revistas passaram a ter ilustrações de fotografias, ainda em P&B. O uso das técnicas ai vem sendo mais aprimorado entrando ai um grande fotografo Edward Steichen (1879-1973), que ficou por um bom tempo por ter um bom gosto, naquela época os estilistas não usavam pessoas da alta sociedade para fotografar para eles, mas sim os modelos profissionais.

Em 1932 foi publicada na revista Vogue US a primeira foto de moda colorida. Era uma foto de Steichen, uma garota de maiô segurando uma bola de praia:

Imagem

Nos anos 60 e 70 os fotógrafos Helmut Newton e David Bailey começaram a ver a fotografia de moda de outra forma, da onde foi inventada fotografia arte sexy. Então as modelos passaram a ser tão vedáveis quanto as roupas que estavam vendendo.Imagem

E nos anos 80 e 90 as modelos passaram a ganhar salários altíssimos, Gisele Buchen, Linda Evangelista, Cris Turligyon e Claudia Schiffer, sem contar com Naomi Campbel. Fotografar uma delas, era um sinônimo de fama, créditos e um bom currículo  vários fotógrafos ficaram ricos como: Mario Testino, Paulo Roversi, Patrick Demachelier, Bob Wolferson e David Lachapele. Ma além da fortuna que ganhavam também desenvolviam técnicas.

Depois disso vem as fotografias digitais, onde fica bem mais fácil de desenvolver cores, novas técnicas e texturas.

Imagem

Fontes: temnafotografia e anacarolinaq.